Imprès des de Indymedia Barcelona : http://barcelona.indymedia.org/
Independent Media Center
Notícies :: amèrica llatina
OAB apóia iniciativa de Clubes
03 mai 2010
A Ordem dos Advogados do Brasil, nos últimos anos, tornou-se fiadora da política de direitos humanos ditada pelo PT (Partido dos Trabalhadores). Não importa qual seja e nem quão nefasta para a união nacional: se for de cunho esquerdista, a OAB apóia tal iniciativa.
OAB.jpg
A Ordem dos Advogados do Brasil, nos últimos anos, tornou-se fiadora da política de direitos humanos ditada pelo PT (Partido dos Trabalhadores). Não importa qual seja e nem quão nefasta para a união nacional: se for de cunho esquerdista, a OAB apóia tal iniciativa.


Pleitear carteiras profissionais de Assassino e Terrorista, segundo a direção nacional da OAB, então, está de acordo com nossa política para os direitos humanos. Proporcionar aos "Movimentos Sociais" e a agitadores de esquerda uma salvaguarda legal, no caso as "Carteiras Profissionais", tem o apoio incondicional da direção da OAB. Não se pode permitir que aqueles envolvidos em crimes contra a ordem e a constituição mas que estão lutando para construir "Um outro mundo", socialista, sejam "levados" às barras dos tribunais.

É preciso impedir juízes inescrupulosos, que querem impedir a revolução conduzida pelas hostes do MST e Via Campesina e outras organizaçôes vermelhas. E As Carteiras profissionais de Terrorista e Assassino foram especialmente produzidas com o objetivo de resguardar os revolucionários e a revolução dos rigores da lei brasileira.


Manifesto da direção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em defesa da revolução vermelha.


Apóia também o Clube dos Terroristas, além da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), o CIMI, CNBB, CPT, CAFOD, CIR, PT, PSB, PC do B, Survival International, Greenpeace, WWf, Anistia International, ONU.





Acesse os Web blogs dos clubes

Clube dos Terrroristas
http://clubedosterroristas.blogspot.com


Clube dos Assassinos
http://clubedosassassinos.blogspot.com
logo clube.JPG
Logo Assassino.JPG

This work is in the public domain
Sindicat Terrassa