Imprès des de Indymedia Barcelona : http://barcelona.indymedia.org/
Independent Media Center
Calendari
«Juliol»
Dll Dm Dc Dj Dv Ds Dg
    01 02 03 04 05
06 07 08 09 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    

No hi ha accions per a avui

afegeix una acció


Media Centers
This site
made manifest by
dadaIMC software

Envia per correu-e aquest* Article
Notícies :: educació i societat
A Economia Política enquanto Ciência Social
16 nov 2004
A Economia Política enquanto Ciência Social
A Economia Política enquanto Ciência Social

Apresentamos a actualização de Outubro do site http://www.franciscotrindade.com
Com a introdução de um novo texto intitulado

A Economia Política enquanto Ciência Social

Procurar pelo link Novidades    
Segue-se excerto do texto que pode ser lido na íntegra em http://www.franciscotrindade.com.
Responsável técnico máximo, como de costume
José Carlos Fortuna.

A sociedade responde a um esquema orgânico no qual a cabeça (o político) e o esqueleto (o direito) não podem ser racionais e sólidos se a circulação do sangue social que constitui as riquezas não é coerente. O papel da ciência social será portanto, num primeiro tempo, o pôr em evidência quais são as âleis reaisâ? de permuta que, corrompidas pela propriedade, não se revelam a não ser ocasionalmente ou de maneira latente no sistema capitalista.
A ciência social deve portanto mostrar que colocadas as práticas como leis participa dum procedimento de legitimação do real, da âideologia dominanteâ?. Convém portanto provar a não possibilidade de demonstrar a âlegalidade científicaâ? da economia capitalista, e portanto a sua âimpossibilidadeâ? sem o recurso ao Estado enquanto força coerciva e à Igreja enquanto aparelho ideológico. à por esta diligência crítica que podemos esperar pôr em evidência o que são as âleis reaisâ? da economia em função das quais será possível determinar as formas políticas, jurídicas e sociais da sociedade socialista (sociedade de acordo com as leis da razão como da moral, e portanto, sem Estado nem Igreja.
Em resposta a esta concepção da Justiça no que respeita a âponto de transacção entre o subjectivo e o objectivo, o ideal e o real, o indivíduo e o universalâ?, Proudhon desenvolve ao longo da sua obra uma metodologia que qualificará âIdeio-realismoâ?, aliando o bem e o ser, o real e o valor, o descritivo e o prescritivo. Este método, por sua vez ideal e formal, revela a vontade de Proudhon de afastar-se dos economistas e dos socialistas do seu tempo.

Saudações proudhonianas
Até breve
Francisco Trindade

This work is in the public domain

Ja no es poden afegir comentaris en aquest article.
Ya no se pueden añadir comentarios a este artículo.
Comments can not be added to this article any more