Imprès des de Indymedia Barcelona : http://barcelona.indymedia.org/
Independent Media Center
Notícies :: globalització neoliberal
A Propriedade e a Contribuição Proudhoniana
23 set 2004
A Propriedade e a Contribuição Proudhoniana
A Propriedade e a Contribuição Proudhoniana

Apresentamos a actualização de Setembro do site http://www.franciscotrindade.com
Com a introdução de um novo texto intitulado

A Propriedade e a Contribuíção Proudhoniana

Procurar pelo link Novidades    
Segue-se excerto do texto que pode ser lido na íntegra em http://www.franciscotrindade.com.
Responsável técnico máximo, como de costume
José Carlos Fortuna.

Para Proudhon, o federalismo económico e social não se identifica com a abolição da propriedade. Sabemos que Proudhon antecipando os limites do colectivismo centralizador fundado sobre a propriedade de Estado dos meios de produção, concluiu que era impossível eliminar na propriedade o seu carácter individual que consiste sempre, em última análise, atribuir meios de produção a qualquer um.
Deste ponto de vista, compreende-se que Proudhon definisse nestes termos a função principal da propriedade no sistema político: âservir de contrapeso ao poder público, balançar o Estado, por este meio assegurar a liberdade individualâ?.
Com efeito, âpara que uma força possa conter em respeito uma outra força, é preciso que elas sejam independentes uma da outraâ?. O direito de propriedade aparece então, como a condição da autonomia individual e da atribuição a cada um dos frutos do seu trabalho. A propriedade deve ser estudada no quadro das relações dialécticas entre sociedade e Estado. O seu papel é o de assurar a autonomia da vida económica e social em relação ao Estado. âO poder do Estado é um poder de concentração; dai-lhe livre curso, e toda a individualidade desaparecerá cedo, absorvida na colectividade... a propriedade ao revés é um poder de descentralizaçãoâ?.
âPela função essencialmente política que lhe é reservada, a propriedade, precisamente porque o seu absolutismo deve opor-se ao Estado, coloca-se no sistema social como liberal, federativa.â?


Saudações proudhonianas
Até breve
Francisco Trindade

This work is in the public domain
Sindicat